A imagem do buraco negro: uma verdadeira prova de trabalho em equipe

A
A

Se você ainda não ouviu falar, nós terráqueos finalmente conseguimos capturar digitalmente o que um dia acreditamos ser impossível: a foto de um buraco negro a 55 milhões de anos luz da terra. Wow! 

O surpreendente nessa conquista foi a controvérsia sobre quem merecia os créditos por capturar o fenômeno misterioso. Quando uma das cientistas involuntariamente se tornou o “rosto” do projeto, o equívoco foi imediatamente corrigido. Rapidamente, ficou nítido que esse resultado extraordinário era, na verdade, produto de um trabalho em equipe bem sucedido.

Frequentemente, o sucesso é atribuído a uma única pessoa, como se ela tivesse trabalhado sozinha no vácuo. No entanto, raramente é esse o caso. É mais fácil dar crédito a um ao invés de muitos porque, ao contrário, você teria que decidir para quem e quantas pessoas esse crédito seria dado. Onde termina o reconhecimento? Nos funcionários da limpeza que trabalham até tarde da noite? Agora, com toda a seriedade, por que isso importava no caso da imagem do buraco negro? O que podemos aprender com isso?

O rosto da cientista da computação Katie Bouman estava estampado em toda a Internet porque ela projetou o algoritmo que produziu a imagem (e porque ela é uma mulher de 20 e poucos anos que faz coisas incríveis na ciência). Ela se tornou uma superstar da noite para o dia e, quando a notícia foi divulgada, pouca ou nenhuma outra menção foi feita. Nem mesmo ao líder da equipe do projeto, Shep Doeleman.

Quase mais popular do que a imagem em si, era uma foto de Bouman radiante de alegria na frente do computador. Ao invés de embarcar em todos os elogios feitos ao seu trabalho e sair distribuindo “obrigados” meia-boca, ela fez uma publicação no Facebook para esclarecer qualquer mal-entendido sobre os créditos ao projeto:

“Estou tão empolgada por finalmente podermos compartilhar o que estivemos trabalhando no último ano. A imagem mostrada hoje é a combinação de imagens produzidas por vários métodos. Nenhum algoritmo ou pessoa fez essa imagem, foi preciso o talento extraordinário de uma equipe de cientistas de todo o mundo e anos de trabalho duro para desenvolver o instrumento, o processamento de dados, métodos de imagem, e técnicas de análise que foram necessárias para alcançar esse feito aparentemente impossível. Tem sido uma verdadeira honra, e eu sou muito sortuda de ter tido a oportunidade de trabalhar com todos vocês.”

Logo ficou nítido que Bouman e seus colegas de equipe estavam comemorando esse grande sucesso juntos. Tanto que sua posição pública sobre a importância do trabalho em equipe também ganhou as manchetes.

Essa equipe extraordinária foi uma das três trabalhando juntas em um aspecto específico deste projeto. Como um todo, o projeto envolveu aproximadamente 200 pessoas de 60 instituições de pesquisa em mais de 15 países. São muitas pessoas em muitos lugares! 😱

Trabalho em equipe e coordenação nessa escala e complexidade exigem um grande esforço de todos para funcionar.

Como sabemos, eles não apenas fizeram funcionar, mas também impressionaram as pessoas com o que conseguiram realizar em equipe.

O melhor dessa história de sucesso é que quaisquer fatores que contribuíram para o trabalho dessa equipe podem ser aplicados a qualquer equipe, independentemente do setor, tamanho ou localização. Sim, isso significa a sua equipe também!

Embora não possamos dizer com certeza quais fatores específicos contribuíram para esse teamwork imensamente bem-sucedido, temos uma ideia.

Se seu time seguir as práticas recomendadas a seguir, um trabalho em equipe eficaz está garantido. E os membros da sua equipe farão coisas incríveis juntos.

4 dicas para o sucesso astronômico da sua equipe

1. Envolva sua equipe no plano geral

Foram necessários cerca de 20 anos de trabalho duro e trabalho em equipe excepcional para produzir a imagem icônica. Conseguir manter todos envolvidos no projeto por tanto tempo é impressionante. Então, como eles fizeram isso? Se esforçando para envolver todo mundo na visão geral do projeto.

O que isso significa? Você consegue se imaginar trabalhando em uma parte específica de um projeto por um longo período de tempo (digamos… 20 anos!) e ainda não ter respostas para: Por que estamos fazendo o que estamos fazendo? Em que estamos trabalhando e por quanto tempo? Minhas contribuições são importantes? Caramba!

Se você já ficou no escuro com perguntas sem resposta, sabe que não é nada divertido (e se nunca ficou, tem sorte!). É por isso que é importante para sua equipe não apenas ver o quadro geral, mas também se envolver com ele e saber o “porquê” por trás do que você está fazendo. Isso ajuda a manter a motivação, aumenta a felicidade e aumenta a produtividade – mesmo que as coisas mudem ou, em alguns casos, durem para sempre.

2. Incentive a comunicação aberta

“Comunicação aberta” pode significar várias coisas diferentes; no entanto, quando falamos de local de trabalho, estamos falando especificamente de dar aos colegas de equipe o espaço e a oportunidade de falar sem ficarem completamente paralisados ou, pior ainda, com medo das repercussões. A chave aqui é fazer com que as pessoas se sintam confortáveis compartilhando seus pensamentos, opiniões e idéias. Isso não significa que tudo o que é compartilhado deve ser implementado, mas mostra que quem compartilha é ouvido – e isso já é muita coisa!

3. Crie confiança através da prestação de contas

Existe aquela famosa frase de Steve Jobs: “contrate pessoas inteligentes e deixe que elas lhe digam o que fazer” – e não poderíamos concordar mais. Seus colegas de equipe são seus maiores ativos. Deixe que eles lhe digam o que pensam, oferecendo a eles um espaço aberto para diálogos honestos. Sua empresa só será mais forte e você ficará surpreso com o que vem da sua equipe com esse processo.

A confiança é a pedra angular do trabalho em equipe. Sem ela, sua equipe sofre, e o trabalho também. A confiança nas equipes é construída de várias maneiras diferentes, mas a prestação de contas é um bom ponto de partida.

Se analisarmos os debates iniciais sobre quem mereceu crédito pela imagem, poderemos ver o impacto da responsabilidade na confiança entre a equipe. Os trolls do Twitter começaram o que parecia ser uma guerra psicológica, promovendo o trabalho do astrofísico Andrew Chael, enquanto desqualificavam Bouman, para levar seus próprios objetivos a cabo (mas não entraremos nesse mérito).

O que os trolls não sabiam era o quão forte era a confiança e a responsabilidade nessa equipe. Todos fizeram sua parte para contribuir com o esforço geral, com nítida visibilidade do que o outro estava fazendo. Sempre que um membro da equipe falava, mencionava exatamente pelo que o outro era responsável e como o trabalho deles contribuía para o projeto. Se não fosse o caso, a discussão facilmente faria um companheiro da equipe se virar contra o outro – mas fez exatamente o contrário.

Em várias postagens consecutivas no Twitter, Chael calou a boca dos trolls:

“…Enquanto escrevi grande parte do código para um desses pipelines, Katie foi uma grande colaboradora do software; nunca teria funcionado sem suas contribuições e o trabalho de muitos outros… Com alguns outros, Katie também desenvolveu a estrutura de imagem que testou rigorosamente todos os três códigos e deu a forma final do projeto.”

Ele também elogiou Bouman por sua contribuição e por reconhecer a equipe:

“Estou emocionado que Katie seja reconhecida por seu trabalho. Também estou emocionado que ela esteja mostrando que isso foi um esforço coletivo… Juntos, cada um faz do trabalho do outro ainda melhor.”

4. Reconheça e celebre o trabalho em equipe

O líder do projeto, Shep Doeleman, expressou sua admiração pelo trabalho em equipe eficaz que ocorreu ao longo do projeto.

“Estou orgulhoso da equipe. Penso na equipe como a coisa que foi construída aqui. ”

Ele enviou uma mensagem realmente poderosa, reconhecendo que a construção da equipe foi o verdadeiro sucesso a ser comemorado. Quando você reconhece e celebra o trabalho em equipe separado do projeto, ele reforça os comportamentos colaborativos e faz as pessoas sentirem que seus esforços valem a pena.

Portanto, da próxima vez que sua equipe se envolver em um ótimo trabalho em equipe, reconheça e comemore!

Agora que você sabe o que é preciso para formar uma equipe fora de série: qual é o sucesso da imagem do buraco negro para sua equipe?

Essa publicação foi traduzida da original de Cas Feder, que você encontra em monday.com/blog. Ainda não conhece a plataforma que transforma a gestão de projetos e melhora infinitamente o trabalho em equipe? Faça agora mesmo um teste gratuito!