Método X Metodologia: você sabe qual é a diferença entre esses dois termos? É bastante comum confundi-los ou até se referir às duas palavras como sinônimos, mas seus significados são distintos.

A metodologia é o caminho que será seguido na execução de um determinado projeto. Ela dita o que será realizado e em que ordem. Já o método é o modo de colocar em prática alguma ação específica do projeto.

Continue a leitura e veja mais sobre cada um dos termos!

Método X Metodologia — Qual é a importância de diferenciá-los?

Especialmente para quem trabalha na área empresarial, com gestão de projetos, liderando equipe e organizando processos internos, entender a diferença entre método x metodologia é fundamental.

Cada um dos termos desempenha uma função diferente e compreendê-los irá ajudá-lo a fazer escolhas mais assertivas antes e durante a execução dos planos da organização.

Entenda de uma vez o que são e os seus papéis!

O que é um método?

O método pode ser definido como um conjunto de procedimentos planejados e organizados para desempenhar uma determinada tarefa.

Na área de gestão de projetos, ele deve ser entendido como um meio para realização de uma ou mais ações. Em resumo, trata-se de uma técnica de execução.

Alguns exemplos de métodos utilizados com frequência nas empresas são:

  • método do caminho crítico — é ideal para projetos com prazos apertados. Utiliza um diagrama que auxilia na
  • administração de processos com grande possibilidade de atrasos;
  • getting things done (GTD) — o principal objetivo é contribuir para a otimização do tempo e melhorar os indicadores de produtividade.

O que é metodologia?

Como visto anteriormente, a metodologia pode ser entendida como uma espécie de procedimento formal que servirá para guiar a execução de uma atividade — um projeto ou pesquisa, por exemplo.

No contexto empresarial, ela se caracteriza como um padrão a ser seguido nas etapas de implantação, desenvolvimento e uso dos projetos para atingir as metas da organização.

Em resumo, a metodologia é uma forma de sistematizar tarefas. Ela organiza o trabalho da equipe, servindo para evitar erros, desordem e confusões durante a execução de um projeto.

Ter uma metodologia estabelecida é importante para toda empresa, especialmente aquelas que lidam com projetos de alta complexidade ou executam muitas ações ao mesmo tempo.

Há três características principais que podem defini-las:

  • processos: passo a passo das tarefas que serão executadas;
  • ferramentas: recursos que auxiliarão a gestão dos projetos;
  • padrões: documentos de controle, como relatórios, formulários e etc.

Em gestão de projetos, as metodologias também podem ser divididas em duas categorias:

  • metodologias tradicionais — geralmente são feitas com bastante antecedência, prevendo todas as etapas do projeto e suas respectivas fases;
  • metodologias ágeis — são mais modernas e podem incorporar mudanças e alterar processos durante a execução do projeto. Um exemplo dela é o Scrum, um framework que divide o projeto em ciclos de duas a quatro semanas.

Agora que você já sabe diferenciar método de metodologia e entende a importância desses dois termos para a saúde da sua empresa, veja também cinco boas práticas de gestão de projetos.