Você sabe o que é ETL? Trata-se de uma sigla para o termo em inglês “Extract Transform and Load”, que, na tradução para o português, significa “Extrair, Transformar e Carregar”.

Essas três letrinhas se referem a softwares que são projetados para retirar dados de diferentes sistemas de uma organização, modificá-los conforme os interesses das empresas e armazená-los.

Geralmente, os dados extraídos são carregados em um data warehouse — uma espécie de armazém/depósito de informações relativas às atividades de uma organização.

Em resumo, ETLs são softwares que ajudam empresas a reunirem informações em um local seguro e, assim, contribuem para tomada de decisões melhores, entre outras utilidades.

Quer saber mais sobre essa ferramenta e suas funcionalidades? Siga a leitura do artigo!

Como entender o que é ETL pode ajudar a sua empresa?

Saber o que é ETL e aderir a essa tecnologia pode ajudar em muitos aspectos do processo produtivo de uma empresa, desde mudanças de hábitos internos ao fortalecimento da relação entre os setores de gestão e tecnologia.

Uma boa estrutura de banco de dados permite, por exemplo, que a empresa automatize processos, preveja demandas, tenha um controle melhor do estoque e/ou performance das vendas, além de reduzir custos.

O que ocorre em cada processo de ETL?

O funcionamento do ETL é organizado em três etapas:

  • extração — nesta fase, os dados são puxados de uma dada fonte/sistema operacional e transferidos para o ambiente de data warehouse, onde podem ser manipulados pelo sistema ETL;
  • transformação — aqui, os dados que foram coletados são transformados e ajustados de acordo com a necessidade da empresa;
  • carregamento — por fim, é feito o transporte dos dados convertidos para o sistema de destino.

As principais vantagens de aderir a um sistema ETL

Alguns dos benefícios de possuir um sistema ETL na empresa são:

  • facilidade no manuseio de dados: a carga de informações de uma empresa só cresce e fica mais complexa ao longo do tempo. Um sistema ETL confere mais facilidade no trato dos dados, simplificando tarefas de limpeza, por exemplo;
  • economia de tempo: a coleta, transformação e armazenamento de dados é automática, reduzindo significativamente o tempo que seria gasto em uma importação manual;
  • menor chance de erro: várias etapas do processamento são automáticas, diminuindo a possibilidade de erro humano;
  • análises mais aprimoradas: a ferramenta garante que os dados coletados são da melhor qualidade, possibilitando avaliações mais sofisticadas.

Neste artigo, você viu o que é ETL e como esse software pode auxiliar no trato com os dados e no crescimento da sua empresa.

O correto armazenamento de informações dos clientes de uma organização, por exemplo, contribui para tomadas de decisão mais assertivas que podem proporcionar uma melhor experiência na hora da compra.

Continue no blog e veja também dicas de como melhorar a percepção do cliente sobre o seu negócio.